cleo-pires2Cleo Pires, que durante muito tempo manteve-se discreta em relação à sua vida pessoal, anda cada vez mais à vontade para exibir seus cliques sensuais e falar de sexo. Segundo ela, aos 34 anos, perdeu o medo de se expor e de falar o que pensa.
Em entrevista à “Veja Rio”, ela mostrou que não tem mesmo vergonha nenhuma. Contou que já fez sexo várias vezes no avião. “Gosto muito de sexo. Assisto filmes pornôs, consumo literatura erótica e tenho vários fetiches, com bondage e shocking (práticas do sadomasoquismo). Também gosto de brincar com facas”.

Ela, que posou para a “Playboy” em agosto de 2010, comentou ainda seu gosto pelas fotos sensuais, que tem inclusive publicado nas suas redes sociais. “Amo. E não me importo com o que vão falar. Acho bonito, sexy e empoderador aparecer só de calcinha”.
E, apesar dos rumores de que estaria vivendo um affair com sua assessora de imprensa, Piny Montoro, ela garante que sexo, até hoje, só com homens: “Nunca rolou com mulher, mas, se eu estiver a fim de uma pessoa, tudo pode acontecer”.

Sincera, Cleo Pires falou ainda sobre sua relação com as drogas. “É óbvio que já usei. Seria hipócrita se eu negasse, mas hoje só uso recreativamente”, respondeu.
Solteira desde fevereiro deste ano, quando terminou o namoro com Rômulo Arantes Neto, ela comentou ainda que cogita ter um filho fruto de uma produção independente. “Penso em fazer produção independente. Não quero um pai careta interferindo na educação. Vou criar meu filho no mundo”, disse.

A atriz explicou ainda como aconteceu a crise de ansiedade pela qual ela passou antes de embarcar, quando voltava de Miami, como o EXTRA contou.
“Eu ia para o aeroporto e comecei a ficar toda dormente, entortar inteira, parecia uma convulsão. Liguei para o meu médico, que receitou quinze gotas de Rivotril, e apaguei”, narrou Cleo, que leva o ansiolítico na bolsa. “Já tinha passado por outro episódio duas semanas antes na casa dos meus pais. Deve ser estafa, muito estresse, muita energia, sei lá”, contou à publicação.

Fonte: Extra

 

sem comentários

Deixe uma resposta