Acusados de ameaçar e extorquir comerciantes na região de Alcântara, em São Gonçalo, dois homens foram presos por policiais da 76ªDP (Centro de Niterói), entre a tarde de quinta-feira e a manhã de ontem, no bairro Joaquim de Oliveira, em Itaboraí.
Os agentes receberam uma denúncia informando que um mototaxista iria até uma loja, no Centro de Alcântara, cobrar R$300 de um comerciante, na tarde de quinta-feira. No local, os inspetores flagraram Bruno Francisco da Silva Oliveira, de 36 anos, pegando o dinheiro e o capturaram por extorsão.
Segundo a polícia, ao ser preso Bruno falou que apenas recolhia o dinheiro a mando de André Luiz Cândido Ferreira, que se identificava como Renatinho, de 38 anos. De acordo com as investigações, ele ligava para comerciantes dos bairros Amendoeira, Alcântara, Bandeirantes, Coelho e Raul Veiga, dizendo ser traficante e ameaçando as vítimas de saquear e incendiar suas lojas, caso elas não pagassem a quantia mensal. O dinheiro era depositado na conta bancária da esposa de Renatinho.
No início da manhã de ontem, ele foi encontrado pelos policiais numa casa, na Rua Anapio da Costa Almeida, em Joaquim de Oliveira, Itaboraí. Contra Renatinho também havia um mandado de prisão por latrocínio (roubo seguido de morte), após ele ser condenado.
“O mototaxista recolhia o dinheiro, e o André era quem ligava para os comerciantes e os ameaçava. Uma vítima já veio até aqui para reconhecê-los e prestar depoimento. Após isso, já identificamos pelo menos mais três pessoas que se dispuseram a vir até a delegacia. Pedimos para que quem foi vítima de extorsão deles, compareça à delegacia para fazer o reconhecimento formal”, solicitou o delegado Gláucio Paz, titular da 76ªDP

Fonte: O São Gonçalo

ARTIGOS SEMELHANTES

sem comentários

Deixe uma resposta